Da série “coisas que não entendo”: falsidade

Uma das frases que eu mais uso é “não sou obrigada”. Porque pensa, quando você é criança, quase tudo o que você faz é porque você é obrigada a fazer. Aí, quando você cresce, você entende que algumas coisas chatas você realmente é obrigada a fazer (por convenção social, por princípios ou porque, se você […]