A vida é maior que isso

Eu pensei um pouco sobre se deveria ou não fazer esse post. Primeiro porque o título tem exatamente o mesmo comecinho que o título do post anterior, e até eu já tô irritada com as minhas repetições inúteis. Segundo que eu não quero dar um tom de auto-ajuda tosca, mas o fato é que é exatamente isso que eu vim fazer aqui: dar uma dica de auto-ajuda tosca que eu mesma criei e que tem funcionado.

Mentira, provavelmente eu não criei, alguém já deve ter escrito isso, pregado isso, feito um pôster com tipografia legal sobre isso e só eu era noob e não tinha pensado ainda. Mas foi assim: estava eu vendo um show, uma das coisas que eu mais amo fazer, quando me veio uma lembrança meio ruim na cabeça. Uma daquelas que você sempre tenta esquecer, mas ai vê um detalhezinho em alguém ou algo por perto e pronto, volta aquele soco no estômago que te deixa desorientada por alguns segundos. Então uma das minhas músicas preferidas começou a tocar. Numa versão ao vivo e linda, como só o John Mayer sabe fazer. Daí veio aquela cutucada na cabeça: a vida é maior do que a lembrança que machuca. Maior que o presente que incomoda. Maior que o futuro que assusta.

A vida, não a sobrevivência, a vivência mesmo, cê sabe o que ela é – ou eu acho que deve ser? É cantar com a maior vontade do mundo aquela música que te deixa em alfa. É se esforçar pra realizar aquele sonho que só depende de você. É conseguir receber um elogio de alguém que você admira. É poder dizer “ganhei o dia” mesmo sem ter ganhado um centavo. É conhecer um lugar que você sempre quis ver de perto.  É sentir orgulho de si mesma por ter aprendido algo muito legal/difícil/útil. É simplesmente fazer algo que te deixe tão feliz que as coisas chatas da vida fiquem tão apagadas que, quando você lembra que elas ainda existem, nem dá mais pra ver direito.

Enfim, é óbvio que eu fui clichêzona no parágrafo acima. Mas não tô ligando muito, não. Porque é verdade. Pelo menos é a verdade que eu acredito no momento e que tá me deixando mais centrada e menos frustrada pra seguir em frente (e enfrente) na vida. Então, sem mais delongas, só queria dizer mesmo que, se você está passando por alguma situação que tá doendo, tenta lembrar dessa máxima. Tenta se focar ao máximo nas coisas que são de fato importantes pra você e que te fazem feliz. Sobre o resto, todo o resto que não te faz bem, é o seguinte: chega de mimimi. Acabou chorare. Chorou parou. A vida é muito maior que isso. Sério, é mesmo. 😉

Anúncios

Uma opinião sobre “A vida é maior que isso

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s